Você sabe o que é e para que serve o MDF-e? Entenda melhor esse documento fiscal eletrônico

Se você já está ou ainda está começando no ramo de transporte de cargas e mercadorias já deve ter se deparado com a sigla MDF-e, NF-e, CT-e. Como já falamos aqui no blog, existem diferentes modalidades de documentos eletrônicos que auxiliam diversos tipos de segmentos de empresas.

Neste artigo, abordaremos mais um tipo de documento fiscal eletrônico, o MDF-e, um documento que auxilia empresas de transporte de mercadorias e cargas a estar em dia com o Fisco.

Esse documento é muito importante para evitar dores de cabeça para quem está transportando (motoristas) e para as empresas transportadoras.

Se você ainda tem dúvidas sobre o que o MDF-e representa – ou representará – na sua rotina, esse artigo será ideal para sanar todas as suas dúvidas. Acompanhe conosco!

Você sabe o que é e para que serve o MDF-e? Entenda melhor esse documento fiscal eletrônico

O que é e para o que serve MDF-e?

Aceito nacionalmente, MDF-e é a sigla para Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais. Emitido e armazenado eletronicamente, foi criado para simplificar e vincular os documentos fiscais transportados na unidade de carga utilizada.

O MDF-e serve para otimizar o tempo da fiscalização nas estradas e agilizar os processos da emissão da nota, reunindo todas as NF-es e CT-es em um só documento.

Quais documentos o MDF-e substitui?

O MDF-e substitui o Manifesto de Carga modelo 25.

Quais são as vantagens?

A emissão de MDF-e proporciona benefícios a todos os envolvidos na prestação do serviço de transporte, como:

  • Redução de custos de impressão do documento fiscal;
  • Redução de custos de armazenagem de documentos fiscais;
  • Redução de tempo de parada de caminhões em Postos Fiscais de Fronteira;
  • Aumento na confiabilidade da fiscalização do transporte de cargas;
  • Melhoria no processo de controle fiscal.

Quem está obrigado a emitir MDF-e?

A obrigatoriedade de emissão do MDF-e será imposta ao contribuinte emitente do CT-e, no transporte interestadual de carga fracionada.

Como emitir MDF-e?

As empresas interessadas em emitir MDF-e deverão seguir os seguintes requisitos:

  • Estar credenciada para emitir CT-e ou NF-e (apenas carga própria) junto à Secretaria da Fazenda do Estado em que está estabelecida;
  • Possuir certificado digital (emitido por Autoridade Certificadora credenciado ao ICP-BR) contendo o CNPJ da empresa;
  • Possuir acesso à internet;
  • Sistema adequado para emitir o MDF-e.

Agora que você já sabe o que é e como emitir MDF-e, deixe um comentário pra gente do que achou desse post.

Aproveite e baixe nosso Sistema Emissor de Notas Fiscais Eletrônicas e conheça na prática como emitir MDF-e. A demonstração do sistema vale por 30 dias!

Preencha o formulário para ter acesso e conheça todas as vantagens do software que facilitará sua rotina.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *