5 passos para implementar a emissão de notas fiscais eletrônicas na sua empresa

Os documentos fiscais eletrônicos já são a realidade de muitas empresas no Brasil, mas ainda é comum as dúvidas surgirem quando novos empresários entram no mercado e precisam saber como implementar a emissão de notas fiscais eletrônicas em suas empresas.

Para simplificar esse processo, neste artigo, listamos 5 passos para você, empresário, começar a emitir (ainda hoje!) as suas notas fiscais eletrônicas. Continue a leitura deste post e veja o que você precisar fazer para começar a implementação em sua empresa!

5 passos para implementar a emissão de notas fiscais eletrônicas na sua empresa

Passo 1: adquira um computador adequado e internet de alta velocidade

É primordial que você tenha um computador em pleno funcionamento e uma internet de alta velocidade para a emissão de notas fiscais eletrônicas.

Procure verificar se o seu computador não precisa de formatação ou ser trocado, é importante uma máquina adequada para operar e para evitar erros de conexão e falhas ao emitir a nota fiscal eletrônica.

Passo 2: saiba qual tipo de documento fiscal sua empresa precisa emitir

Você precisa saber qual é o tipo de documento fiscal eletrônico que sua empresa está obrigada a emitir. Existem diferentes tipos de notas e você precisa ficar atento às diferenças. Elas são:

Passo 3: faça o credenciamento na SEFAZ do seu estado

Para emitir nota fiscal eletrônica, a sua empresa também precisa estar cadastrada na Secretaria de Estado da Fazenda. O cadastro é bem simples, mas segue diretrizes de estado para estado.

Para entender melhor como funciona no seu estado, procure ajuda de um contador profissional, ele poderá orientar e auxiliar nesse processo de pedido.

Passo 4: adquira o certificado digital

A nota fiscal precisa de autenticidade da empresa que está emitindo, por isso é necessário que a empresa adquira o certificado digital.

O certificado digital utilizado na nota fiscal eletrônica deverá ser adquirido junto à Autoridade Certificadora credenciada pela Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil, devendo ser do tipo A1 ou A3 e conter o CNPJ de um dos estabelecimentos da empresa.

Entenda melhor as diferenças entre os certificados A1 e A3 no artigo “Qual é a diferença entre os certificados digitais A1 e A3?

Passo 5: adquira um software emissor de notas fiscais eletrônicas

Para emitir NF-e, é necessário adquirir um software emissor de notas, que é fundamental para se adequar a essa modalidade.

A Sibrax possui o sistema emissor de notas mais completo do mercado, que emite todos os tipos de documentos fiscais eletrônicos, NF-e, NFC-e, NFS-e, MDF-e, CT-e, CT-e OS. É fácil de operar, de baixo custo e contém vários módulos de controle para facilitar a gestão da sua empresa.

Você pode fazer um teste gratuito por 30 dias e conhecer melhor nosso emissor de notas e já começar a emitir suas notas fiscais eletrônicas. Preencha o formulário abaixo e faça o download! 👇


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *