5 erros mais comuns para evitar ao emitir nota fiscal eletrônica

Com a obrigatoriedade em diversos estados brasileiros, a nota fiscal eletrônica faz parte da rotina de muitos empreendedores e contadores.

E por ser totalmente digital acaba sendo muito mais fácil e prático de emitir, mas ainda sim acontecem diversos erros na hora da emissão da nota fiscal eletrônica, seja pela correria do dia a dia ou pela falta de informação e atenção da pessoa que está realizando o processo.

Quando acontecem esses erros é possível sim corrigir, mas é como o velho ditado diz “prevenir é melhor que remediar”, por isso, neste artigo listamos os cinco principais erros mais comuns ao emitir notas fiscais eletrônicas, para você evitá-los e ganhar mais em tempo e produtividade. Confira!

5 erros mais comuns para evitar ao emitir nota fiscal eletrônica

Erro 1: erros no preenchimento dos dados da nota

Preencher os campos obrigatórios das notas fiscais eletrônicas parece bastante óbvio, mas ainda acontece de esquecer ou até mesmo preencher com informações erradas ou incompletas.

Esse é um dos maiores problemas para as empresas, pois a nota emitida pela empresa comprova muitas coisas, e se elas estiverem erradas é muito provável que o Fisco chegue até a empresa.

Além disso, o preenchimento incorreto da nota pode gerar problemas principalmente em relação à mercadoria em transporte, podendo ocorrer apreensão em postos fiscais.

Lembre-se: confira todos os campos obrigatórios da sua nota fiscal eletrônica e preencha corretamente.

Erro 2: cadastro de clientes desatualizado

Aqui no blog, nós sempre lembramos a importância de ter o cadastro dos clientes atualizados, pois isso pode ser o fator que está dando erro na emissão das notas fiscais que você está preenchendo.

Os dados do cliente que devem constar em notas fiscais eletrônicas são, por exemplo, CNPJ, Inscrição Estadual ou Municipal, endereço completo, telefone, CEP e demais dados.

Fique atento! E se você identificou esse erro, chegou a hora de atualizar os cadastros dos seus clientes.

Erro 3: problemas ou inexistência do certificado digital

Não dá para emitir nota fiscal eletrônica sem um certificado digital válido. O certificado digital é um dos requisitos básicos para a emissão.

Se você ainda não tem o certificado ou o seu é o A3, procure atualizá-lo para não ter que lidar com esse erro.

No artigo “3 soluções para principais erros com o certificado digital na hora de emitir notas fiscais eletrônicas“, abordamos os erros mais comuns com certificado digital, acesse e saiba mais. Internet ruim, instalação errada e computador inadequado também pode acarretar problemas com certificado digital. Verifique!

Erro 4: não solicitar pedido de uso na receita

Para emitir a NF-e, a sua empresa também precisa fazer o pedido de uso na receita. Geralmente, o seu contador realiza esse processo e o empresário confirma os dados e assina.

É um processo bem simples, mas fundamental para emissão da nota fiscal eletrônica e também um dos erros mais comuns, por isso recomendamos sempre analisar os requisitos para emissão de notas fiscais eletrônicas.

Erro 5 : rejeição da nota por CNPJ Inválido

Esse erro aparece frequentemente quando o CNPJ que está sendo informado na nota fiscal eletrônica é nulo ou só tem validade para operações no exterior.

Essa identificação de erros pode ser bem simples, mas se você prestar mais atenção nesses 5 itens e evitá-los poderá emitir suas notas fiscais eletrônicas sem problemas.

Contar com um software emissor de notas fiscais como o da Sibrax também pode ser a solução de muitos desses erros. Teste por 30 dias e comprove na prática as funcionalidades do sistema. Preencha o formulário e baixe o sistema!


2 thoughts on “5 erros mais comuns para evitar ao emitir nota fiscal eletrônica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *