fbpx

O que é, para que serve e como emitir a Nota Fiscal de Serviço (NFS-e)?

Um dos setores que mais crescem no país são os de serviço. E assim como quem vende um produto, quem oferece um serviço também deve prestar contas ao Estado. Por isso, Além da NF-e, NFC-e, CT-e, MDF-e, também surgiu a NFS-e (Nota Fiscal de Serviço).

Se você é um prestador de serviço e ainda tem dúvidas em relação a Nota Fiscal de Serviço NFS-e, acompanhe este post! Nele vamos falar sobre o que é, para que serve, os benefícios e como emitir uma NFS-e.

O que é a Nota Fiscal de Serviço (NFS-e)?

A Nota Fiscal de Serviço (NFS-e), assim como todos os documentos fiscais eletrônicos, surgiu para desburocratizar e facilitar a emissão e prestação de contas dos serviços no Brasil e faz parte do programa SPED – Sistema Público de Escrituração Digital.

Segundo, a página do SPED, “a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) é um documento de existência digital, gerado e armazenado eletronicamente em Ambiente Nacional pela RFB, pela prefeitura ou por outra entidade conveniada, para documentar as operações de prestação de serviços”.

O contribuinte pode realizar a emissão pela internet, deixando de lado a grande quantidade de papéis utilizadas antigamente.

Para que serve e quais são os riscos se eu não emitir NFS-e? 

A Nota Fiscal de Serviço serve prestar contas da sua empresa e, consequentemente, estar em dia com o Fisco, relativo aos seus impostos e declaração dos seus gastos e ganhos.

Se sua empresa de serviços não emitir a NFS-e corre riscos, como sonegação fiscal que geram multas e até mesmo prisão.

Então, é muito importante emitir esse documento fiscal eletrônico corretamente.

Quais são os benefícios da Nota Fiscal de Serviço?

Listamos alguns benefícios que o contribuinte tem ao emitir Nota Fiscal de Serviço eletrônica:

  • Redução de custos com papel, impressão e armazenamento de documentos;
  • A NFS-e é um documento com validade fiscal e jurídica;
  • Mais segurança;
  • Diminui os erros na emissão do documento;
  • A produtividade aumenta, já que é feito tudo pelo computador;
  • Melhora o controle das contas da empresa;
  • Evita os riscos de multa e sonegação fiscal.

Como emitir NFS-e?

A Nota Fiscal de Serviço não tem um layout padrão e deve acompanhar o layout de cada município para concluir a emissão. Geralmente, empresas que geram muitas notas fiscais de serviço optam por softwares emissor de notas, pois ganham em produtividade e evitam erros por repetição – que acontecem muitas vezes ao emitir a nota de serviço pelas prefeituras.

Caso seja esse o seu caso, recomendamos que sua empresa atenda aos seguintes requisitos para emitir NFS-e por um sistema emissor de documentos fiscais eletrônicos:

  • Estar credenciada junto à Secretaria da Fazenda do Estado em que está estabelecida;
  • Possuir certificado digital (emitido por Autoridade Certificadora credenciado ao ICP-BR) contendo o CNPJ da empresa;
  • Possuir acesso à internet;
  • Analisar se o município possui NFS-e (alguns municípios ainda não têm layout para NFS-e) e se é compatível com o sistema.

Agora que você já sabe o que é, para que serve, benefícios e como emitir NFS-e, deixe um comentário pra gente do que achou desse artigo.

Conheça todos os tipos de documentos fiscais eletrônicos aqui.

Aproveite e assine nossa Newsletter e fique por dentro de todas as novidades!

One thought on “O que é, para que serve e como emitir a Nota Fiscal de Serviço (NFS-e)?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *