DCTFWeb: substituição da GFIP/SEFIP, prazos e obrigatoriedade

Muitas obrigações começam a valer em Julho de 2018. E além do eSocial, EFD-Reinf, ECF, entre outras, também está DCTFWeb. A DCTFWeb substitui algumas obrigações e também se relaciona com o eSocial e EFD-Reinf.

Se você está um pouco perdido em relação à obrigação, continue a leitura desse artigo. Nele, abordaremos o que é, a relação com o eSocial e EFD-Reinf, obrigatoriedade, prazos e cronograma de implantação da DCTFWeb. Confira!

DCTFWeb: substuição da GFIP/SEFIP, prazos e obrigatoriedade

O que é DCTFWeb?

A DCTFWeb é a sigla para Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais Previdenciários e de Outras Entidades e Fundos da Receita Federal. É uma nova obrigação acessória tributária que foi regulamentada pela Instrução Normativa RFB nº 1.787/2018.

O objetivo da DCTFWeb é realizar a apuração das contribuições previdenciárias (INSS) e para outras entidades e fundos (Terceiros) de forma prática e ágil pela internet.

O que a DCTFWeb tem a ver com o eSocial e EFD-Reinf?

A DCTFWeb está diretamente relacionada ao eSocial e EFD-Reinf pois substituirá as obrigações GFIP/SEFIP. No início da vigência da DCTFWeb, as contribuições previdenciárias e as devidas a terceiros passarão a ser recolhidas por meio do documento de arrecadação DARF, que substituirá a atual guia de recolhimento (GPS).

Quem está obrigado a entregar a DCTFWeb?

As empresas que estão obrigadas a entregar a DCTFWeb são:

I – as pessoas jurídicas de direito privado em geral e as equiparadas a empresa nos termos do § 1º;

II – as unidades gestoras de orçamento dos órgãos públicos, das autarquias e das fundações de quaisquer dos poderes da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios;

III – os consórcios de que tratam os arts. 278 e 279 da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976, quando realizarem, em nome próprio:

  1. a contratação de trabalhador segurado do Regime Geral de Previdência Social (RGPS);
  2. a aquisição de produção rural de produtor rural pessoa física;
  3. o patrocínio de equipe de futebol profissional; ou
  4. a contratação de empresa para prestação de serviço sujeito à retenção de que trata o art. 31 da Lei nº 8.212, de 24 de julho de 1991;

IV – as entidades de fiscalização do exercício profissional (conselhos federais e regionais), inclusive a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB);

V – os fundos especiais criados no âmbito de quaisquer dos poderes da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios bem como dos Ministérios Públicos e dos Tribunais de Contas, quando dotados de personalidade jurídica sob a forma de autarquia;

VI – os organismos oficiais internacionais ou estrangeiros em funcionamento no Brasil, quando contratarem trabalhador segurado do RGPS;

VII – os Microempreendedores Individuais (MEI), quando:

  1. contratarem trabalhador segurado do RGPS;
  2. adquirirem produção rural de produtor rural pessoa física;
  3. patrocinarem equipe de futebol profissional; ou
  4. contratarem empresa para prestação de serviço sujeito à retenção de que trata o art. 31 da Lei nº 8.212, de 1991;

VIII – os produtores rurais pessoa física, quando:

  1. contratarem trabalhador segurado do RGPS; ou
  2. comercializarem a sua produção com adquirente domiciliado no exterior, a consumidor pessoa física, no varejo, a outro produtor rural pessoa física ou a segurado especial;

IX – as pessoas físicas que adquirirem produção de produtor rural pessoa física ou de segurado especial para venda, no varejo, a consumidor pessoa física; e

X – as demais pessoas jurídicas que estejam obrigadas pela legislação ao recolhimento das contribuições previdenciárias de que trata o art. 6º.

Prazos e obrigatoriedade da DCTFWeb

A DCTFWeb, de regra, tem periodicidade mensal e deve ser transmitida pela Internet no dia 15 do mês seguinte ao da ocorrência dos fatos geradores. Caso o dia 15 não seja dia útil, a entrega deverá ser antecipada para o dia útil imediatamente anterior.

O cronograma da DCTFWeb ocorrerá simultaneamente com a implantação da EFD-Reinf e eSocial:

  • [prorrogada] -> 08/2018 – para as empresas que tiveram faturamento no ano de 2016 superior a 78 milhões;
  • 01/2019 – demais empresas e contribuintes, inclusive as pessoas jurídicas imunes e isentas; e
  • 07/2019 – para os órgãos públicos.

Minha empresa está obrigada a entregar a DCTFWeb apenas em 2019, continuo fazendo a SEFIP normalmente?

Sim. A obrigatoriedade começa a partir de Julho de 2018 para as empresas que tiveram faturamento no ano de 2016 superior a 78 milhões. Se a sua está obrigada apenas em 2019, continue fazendo a SEFIP normalmente.

Qual é a melhor forma de entregar a DCTFWeb e outras obrigações como o eSocial e EFD-Reinf?

Como a DCTFWeb é entregue de acordo com os eventos do eSocial e da EFD-Reinf, o melhor a se fazer para facilitar a entrega de todas essas obrigações é utilizar sistemas adequados e integrados como os módulos de folha de pagamento e livro fiscal da Sibrax.

Esse artigo foi útil para você? Ou você ainda tem alguma dúvida sobre o assunto? Deixe-nos um comentário!

Aproveite e peça uma demonstração do nosso Pacote de Sistemas Contábeis e facilite a entrega da DCTFWeb e demais obrigações. Preencha o formulário abaixo e solicite agora!


3 thoughts on “DCTFWeb: substituição da GFIP/SEFIP, prazos e obrigatoriedade

  1. as Mês e EPPs optantes pelo SIMPLES NACIONAL estão dispensadas da entrega da DCTFWEB,com a substituiçõao da GFIP como será gerada a guia do FGTS E DO INSS para estas empresa?

    1. Olá, Maria! As empresas que citou não estão dispensadas da obrigatoriedade. Esta se inicia em janeiro de 2019 para este grupo e as informações relativas ao FGTS e INSS serão centralizadas nesta declaração, a DCTFWeb.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *