Como se adequar mais rápido ao eSocial?

A segunda etapa de implantação do eSocial já está chegando. Empresas privadas, incluindo Simples, MEIs e pessoas físicas (que possuam empregados) começam a enviar informações relativas às empresas a partir de julho.

Você pode pensar que ainda faltam dois meses, mas ainda há muito o que fazer para evitar dores de cabeça.

Muitos empresários e contadores já estão se adaptando a essa nova fase, e se você também quer se adequar mais rápido ao eSocial, leia esse artigo!

Como se adequar mais rápido ao eSocial?

Por que o eSocial é importante para a sua empresa?

Se você é empresário e ainda não sabe o por que o eSocial é importante para sua empresa, te explicaremos!

O eSocial é um projeto conjunto do governo federal que integra Ministério do Trabalho, Caixa Econômica, Secretaria de Previdência, INSS e Receita Federal, que chega para simplificar a entrega de informações da folha de pagamento e também substitui diversas obrigações para unificar e simplificar esse processo.

O que o eSocial substituirá?

O eSocial substituirá as seguintes obrigações acessórias:

  • GFIP – Guia de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social;
  • CAGED -Cadastro Geral de Empregados e Desempregados;
  • RAIS – Relação Anual de Informações Sociais;
  • Livro de Registro de Empregados;
  • CAT – Comunicação de Acidente de Trabalho;
  • CD – Comunicação de Dispensa;
  • PPP – Perfil Profissiográfico Previdenciário;
  • DIRF – Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte;
  • Quadro de Horário de Trabalho;
  • MANAD – Manual Normativo de Arquivos Digitais;
  • Folha de pagamento;
  • GRF – Guia de Recolhimento do FGTS;
  • GPS – Guia da Previdência Social.

Colabore com a transição da sua empresa para o eSocial

Se você está lendo este artigo deve estar bastante interessado em como se adequar mais rapidamente ao eSocial.

Algumas ações podem ajudar muito a transição da empresa para cumprir no prazo as etapas de implementação do eSocial, elas são:

  • Confirme todos os dados de empregados;
  • Colete o CPF de dependentes com 8 anos ou mais, porque é uma informação INDISPENSÁVEL;
  • Conheça muito bem os prazos de envio das informações;
  • Se informe sobre as multas a que sua empresa está sujeita se não cumprir as etapas;
  • Conte com um software de folha de pagamento adequado ao eSocial e que te ajudará nessa transição.

Realizando essas ações, o contador receberá suas informações e aplicará nas fases da segunda etapa do eSocial e na qualificação cadastral.  É importante lembrar que é da responsabilidade do empresário a integridade e veracidade das informações para evitar multas e penalidades.

Fale com seu contador e atualize seu cadastro de funcionários o quanto antes!

Se você quer conhecer cada fase das três etapas de implementação do eSocial, não pode deixar de baixar nosso infográfico “Cinco Fases do eSocial a partir de 2018”. Faça o download agora mesmo, é gratuito!


2 thoughts on “Como se adequar mais rápido ao eSocial?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *