Sustentabilidade em condomínios: por onde começar?

Sustentabilidade já é considerado um assunto antigo, mas ainda gera muitas discussões em reuniões e assembleias de condomínios, sejam eles verticais ou horizontais.

Quando falamos em sustentabilidade não significa apenas pensar nos impactos ao meio ambiente, e sim no bem-estar dos moradores e na redução de gastos para o empreendimento. Afinal, também é importante economizar!

Se você é síndico ou administrador de condomínios e ainda não implantou um programa de sustentabilidade ou quer melhorar esse processo em seu condomínio, precisa estar atento a essas práticas.

Continue a leitura deste artigo e entenda mais sobre a sustentabilidade, práticas sustentáveis e como começar a implantação no seu condomínio.

sustentabilidade-em-condominios-por-onde-comecar

O que é sustentabilidade?

Desde a década de 70, a natureza não consegue se recuperar com a mesma intensidade como antigamente, já que os recursos explorados não são substituídos.

A partir desse momento, começou a surgir a ideia de sustentabilidade para auxiliar na preservação e conservação da natureza para que assim ela suporte o desenvolvimento e não falte recursos para as próximas gerações.

Segundo a ONU (Organização das Nações Unidades), ser sustentável é “aquele que busca as necessidades presentes sem comprometer as capacidades das gerações futuras de atender suas próprias necessidades”.

Muitas empresas e os próprios cidadãos incluem em sua rotina práticas sustentáveis, e no condomínio não poderia ser diferente. A seguir nos aprofundaremos neste assunto.

Sustentabilidade em condomínios é possível?

Sim, é possível! Condomínios são empreendimentos com as maiores possibilidades de implantação de práticas sustentáveis.

Tudo começa com a conscientização e comunicação clara entre síndicos e condôminos. Implantar práticas sustentáveis no condomínio pode ser bem simples, mas tudo depende da boa vontade e participação de todos.

É possível, implantar um programa de sustentabilidade no condomínio sem ter que mexer no caixa. Entenda melhor a seguir.

E por onde o síndico começa a implantação de práticas sustentáveis no condomínio?

Para começar o processo de implantação de práticas sustentáveis no condomínio, é preciso analisar e elaborar um planejamento, e isso fica a cargo do síndico e/ou administrador do condomínio.

Para tirar o planejamento do papel, é preciso informar os moradores em reunião ou assembleias para sugerir medidas, e também para escutar sugestões e críticas dos condôminos.

Essa etapa exige muita comunicação no condomínio. Após conferir e o projeto ser aprovado, procure medidas sustentáveis para começar.

Dicas para práticas sustentáveis em condomínios

Confira algumas dicas de práticas sustentáveis para o condomínio:

  • Processo de coleta seletiva de lixo;
  • Cisternas para a captação da água de chuva;
  • Instalação de placas de captação de energia solar para aquecer a água do chuveiro;
  • Jardins no condomínio;
  • Torneiras com temporizador;
  • Varrer a calçada e pátio;
  • Lâmpadas com sensores de presença nas áreas comuns;
  • Horta comunitária.

E aí, gostou das nossas dicas de práticas sustentáveis para condomínios? Deixe-nos um comentário. E se você conhece alguma outra dica, compartilhe conosco e com nossos leitores.

Aproveite e baixe nosso eBook “Condomínio: normas, gestão e convívio” para te ajudar a administrar melhor o condomínio em sua gestão. Preencha o formulário abaixo para ter acesso ao material. É gratuito!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *