MEI (Microempreendedor Individual) precisa de contabilidade profissional?

Em 2017, o Governo Federal celebrou a marca de 7,5 milhões de MEIs, empreendedores que se formalizaram e já estão adequados ao programa, sem burocracias e repleto de vantagens.

O teto de faturamento é de R$ 81 mil por ano e, ao se formalizar, o MEI (Microempreendedor Individual) pode emitir nota fiscal, totalmente dentro das regras.

Apesar de todas essas facilidades, microempreendedores geralmente estão focados em suas tarefas diárias e começaram a pouco tempo a lidar com o meio administrativo e tributário, já que muitas regras tributárias são aplicadas de forma diferente aos MEIs.

Por isso, a principal dúvida de quem se formaliza MEI é se realmente necessita de contabilidade profissional. Por isso, neste artigo focaremos em como o empreendedor deve lidar com a contabilidade do seu negócio. Acompanhe!

MEI precisa de contabilidade profissional?

Sabemos que o MEI foi criado pelo Governo para justamente diminuir as burocracias para que esses autônomos se formalizem e estejam dentro da lei para exercer suas funções. Por isso, empresas que não ultrapassam o faturamento anual de até R$ 81.000,00 não estão obrigadas a contratar serviços de contabilidade.

Os impostos podem ser recolhidos em parcelas fixas mensais, sendo que sua carga tributária gira entre R$ 48,70 a R$ 53,70, sendo dispensado de várias obrigações fiscais. Ou seja, o MEI não precisa de um contador. Entretanto, ele pode optar por buscar a ajuda profissional para otimizar seu tempo e evitar dores de cabeça com contabilidade.

O que acontece se o MEI não contratar uma contabilidade?

Ao não contratar uma contabilidade profissional o microempreendedor fica vulnerável a tributos que podem comprometer seu negócio, como por exemplo, a quantia que ultrapassar 32% de seu lucro, poderá ser tributada em até 27,5%.

Como o MEI pode controlar sua contabilidade sem ajuda profissional?

Sem a ajuda de um contador profissional, o MEI precisa estar sempre atento a sua gestão financeira, ser organizado e não cometer erros que comprometam sua adequação ao programa. O pequeno empresário também precisa ficar atento às novas regras para 2018.

Uma maneira de controlar sua contabilidade é por meio de um sistema emissor de notas integrado com controle de estoque, fluxo de caixa, entre outros. Dessa forma o MEI pode controlar sua contabilidade tendo como aliada a tecnologia.

O sistema emissor de notas Sibrax pode fazer isso por você. Facilite o controle da sua gestão e contabilidade, preencha o formulário abaixo e faça um teste gratuito por 30 dias!


One thought on “MEI (Microempreendedor Individual) precisa de contabilidade profissional?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *