Condomínios também estarão obrigados ao eSocial a partir de julho

É, o eSocial realmente começa a valer para todas as empresas a partir desse mês de julho, e os condomínios residenciais e comerciais precisam estar preparados para essa nova obrigação.

Se você é síndico ou administrador de condomínio deve estar bem informado sobre a obrigação que unifica muitas das obrigações da folha de pagamento.

O novo sistema do governo exigirá mais atenção e transparência por parte das empresas com exigências especificas ao administrador.

Veja a seguir um pouco mais sobre o eSocial para condomínios e como essa nova obrigação implicará na rotina de síndicos e administradores de condomínio. Acompanhe conosco!

Condomínios também estão obrigados ao eSocial a partir de julho

Sobre o eSocial

Como já dissemos em muitas postagens aqui do blog, o eSocial é um programa que faz parte do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED), implantado pelo Governo, que tem como Comitê Gestor a Caixa Econômica Federal; Receita Federal; Ministério do Trabalho; Secretaria da Previdência Social e INSS, a fim de unificar muitas obrigações da folha de pagamento em uma só, com o objetivo de simplificar esses processos em empresas e também em condomínios.

O eSocial segue um cronograma de implantação e deve ser seguido rigorosamente para evitar penalidades, como multas e afins. Confira aqui o Cronograma de implantação do eSocial.

O que o eSocial implicará na rotina do condomínio?

A chegada do eSocial exigirá muitas coisas das administradoras de condomínio e também do síndico, tudo vai depender de como e por quem as obrigações da folha eram enviadas.

Se isso já era feito por meio de um escritório de contabilidade, ficará mais fácil. Mas em muitos casos, os síndicos ou administradores de condomínios deverão entender as implicações da nova obrigação, que são, por exemplo:

  • Aprendizagem em relação ao eSocial, com cursos e treinamentos sobre o assunto;
  • Contratação de novos funcionários para inserir e enviar as informações de forma correta;
  • Investimento em softwares de folha de pagamento adequados ao eSocial.

É normal que os condomínios tenham que se esforçar bastante nesse começo, mas logo estará estabilizado, com muitas vantagens para o empregador e também para o trabalhador.

Por que os condomínios deverão adquirir softwares de folha de pagamento para o condomínio?

Segundo o Portal do eSocial, as empresas devem adquirir programas de gestão de pessoal (sistema folha de pagamento) já adequados para a transferência dos arquivos de eventos ao eSocial. Pois é somente por meio dele que os eventos e informações serão transmitidas.

Se o envio da folha de pagamento é realizada pelo condomínio, e o seu sistema de departamento pessoal não está preparado para o eSocial, fique atento e mude!

O sistema de folha de pagamento Sibrax identifica automaticamente as informações que precisam ser enviadas em cada fase. Ele gera o arquivo e transmite ao eSocial, ao seu comando. A Receita recebe as informações e se houver erros, indica o que é necessário corrigir.

Destacamos também que a Sibrax preparou materiais de apoio exclusivos para você não ter nenhuma dor de cabeça com o eSocial.

Se caso você ainda não possuir o módulo Folha de Pagamento Sibrax adequado ao eSocial, pode solicitar uma demonstração por 30 dias! Preencha o formulário abaixo e peça a sua!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *