NF-e 4.0: entenda as mudanças da Nota Fiscal Eletrônica a partir de Julho

Provavelmente, você já deve ter ouvido falar sobre a nova versão da Nota Fiscal Eletrônica, a NF-e 4.0, que chega para substituir a 3.1 em julho de 2018. E como já sabemos, quando surgem atualizações, elas vêm acompanhadas de mudanças.

Portanto, se você produz ou vende produtos, fique atento a este post para entender melhor essas alterações e como elas podem afetar o seu negócio. Acompanhe conosco!

NF-e 4.0: entenda as mudanças da Nota Fiscal Eletrônica a partir de Julho

O que é a NF-e 4.0?

A NF-e 4.0 é a nova versão da Nota Fiscal Eletrônica. Essa atualização acontece porque a Secretaria da Fazenda (SEFAZ) necessita desses ajustes para que o documento fiscal seja completo a fim de melhorar a fiscalização e facilitar o dia a dia de quem o emite.

É preciso prestar bastante atenção nas alterações do leiaute, pois o preenchimento incorreto da nota gerará rejeição, e consequentemente, também causará futuros problemas para a empresa.

Quais são as mudanças da Nota Fiscal Eletrônica?

Acompanhe a seguir as principais mudanças na NF-e:

  • Protocolo TLS 1.2: substituirá o protocolo SSL que vinha sendo utilizado como padrão de comunicação. Dessa forma, a transmissão de informações será mais segura;
  • Fundo Combate à Pobreza (FCP): para operações internas ou interestaduais com substituição tributária, o leiaute da NF-e 4.0 deverá identificar o valor devido sucedendo do percentual de ICMS relativo ao Fundo de Combate à Pobreza (Art. 82 do ADCT da Constituição Federal);
  • Forma de Pagamento: esse campo será denominado apenas como “Pagamento”. Nele também está incluso o valor do troco;
  • Grupo “Rastreabilidade de produto”: a criação desse novo grupo busca rastrear produtos sujeitos a regulações sanitárias. Ele solicita informações de lote e data de fabricação, priorizando as medidas de segurança;
  • Campo “Grupo Total da NF-e”: a criação desse campo apresentará o valor total do IPI (Impostos sobre Produtos Industrializados);
  • Novas modalidades no campo “Grupo X-Informações do Transporte da NF-e: nesse campo foram criados duas modalidades, Transporte Próprio por Conta do Remetente e o Transporte Próprio por Conta do Destinatário;
  • Nova área no campo de “Medicamento”: a criação desse campo informará o código relacionado aos produtos da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para remédios e matérias-primas farmacêuticas.

Prazos

De acordo com a última atualização da Nota Técnica 2016.002 – v 1.20 (atualizada em 31/05/2017). Os prazos são:

  • 20/11/2017: ambiente de homologação para testes;
  • 04/12/2017: ambiente de produção para emitir notas no novo leiaute;
  • 02/07/2018: desativação da versão 3.10 do layout anterior da nota, a partir dessa data, o governo aceitará apenas a nova versão da NF-e.

Emissão da NF-e 4.0

Para emitir a nova versão da NF-e 4.0, é necessário que o seu software emissor de notas esteja totalmente adequado as mudanças para evitar que suas notas sofram rejeição.

A Sibrax possui o sistema emissor de notas mais completo do mercado, que além da NF-e, emite também as notas NFC-e, NFS-e, MDF-e, CT-e, CT-e OS, totalmente atualizadas às normas.

É fácil de operar, de baixo custo e contém vários módulos de controle para facilitar a gestão da sua empresa. Você pode fazer um teste gratuito por 30 dias e conhecer melhor nosso emissor de notas. 👇


One thought on “NF-e 4.0: entenda as mudanças da Nota Fiscal Eletrônica a partir de Julho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *