Prestação de contas do condomínio: como fazer?

Fazer a prestação de contas do condomínio é uma das obrigações do síndico. Essa é uma maneira de garantir a transparência da administração e fazer a publicidade dos valores utilizados durante a gestão.

O documento deve ser disponibilizado no portal online do condomínio e apresentado na assembleia geral.

Mas, como organizar os dados corretamente e fazer a prestação de contas do condomínio de maneira eficiente? Veja a seguir!

Organize as informações de maneira simples

Os dados financeiros do condomínio devem ficar acessíveis a todos os moradores. Inclusive, eles precisam ser compreendidos com facilidade. Por isso, o ideal é que a organização das informações seja feita de maneira simples, objetiva e prática.

A prestação de contas do condomínio deve conter informações como:

  • Balancete;
  • Extratos da conta bancária;
  • Receitas do condomínio;
  • Despesas e seus documentos comprobatórios;
  • Relatórios de inadimplência;
  • Livro caixa;
  • Investimentos.

Faça a conciliação bancária

Essa é uma maneira de verificar se as contas estão exatas. Para tanto, deve-se analisar o saldo que consta no banco, somar as receitas recebidas e que ainda não entraram na conta e reduzir os cheques usados para pagamentos, mas que ainda não foram descontados da conta corrente. Veja o exemplo:

(+) Saldo bancário de 30/11/2009 cf. extrato R$ 2.500,00
(+) Taxas condominiais a depositar R$ 500,00
(-) Cheques emitidos a compensar R$ 2.800,00
(=) Saldo bancário conciliado R$ 200,00

Apresente um relatório sobre os investimentos feitos ao longo da gestão

Além de prestar contas sobre as movimentações financeiras, o síndico pode fazer um relatório sobre as obras executadas durante a sua gestão, a adoção de normas e os serviços realizados.

Por exemplo: é recomendável listar quantas vezes o serviço de manutenção de elevadores foi acionado e qual o valor do trabalho. Também é aconselhável relatar outros serviços e obras, como uma pintura externa realizada para fazer a manutenção do prédio.

Isso dá credibilidade para as ações do síndico e facilita a compreensão dos moradores sobre a gestão do condomínio em determinado período.

Solicite um parecer anual do Conselho Fiscal

Para assegurar a confiabilidade das informações o síndico pode requisitar um parecer do Conselho Fiscal. Essa análise das contas traz mais segurança para todos. As informações devem ser colocadas em votação na assembleia do condomínio e registradas em ata.

Faça a prestação de contas do condomínio com frequência

A prestação de contas ao final do mandato do síndico é obrigatória. Ela está determinada no Art. 22 da Lei Nº 4.591, de 16 de dezembro de 1964. Porém, para dar mais tranquilidade aos moradores é recomendável que o síndico realize uma assembleia para prestação de contas do condomínio a cada dois ou três meses pelo menos.

Isso evita desentendimentos e garante que todos estarão de acordo com as despesas e investimentos realizados pelo prédio.

É importante que o síndico se lembre de realizar um registro na ata da assembleia geral para se certificar documentalmente sobre o cumprimento de suas responsabilidades.

Agora você já conhece as etapas essenciais para realizar a prestação de contas do condomínio. Aproveite a visita na nossa página para entender como fazer o Plano de Contas do Condomínio!

Baixe nosso e-book grátis e descubra como aumentar o faturamento do seu escritório de contbilidade

3 thoughts on “Prestação de contas do condomínio: como fazer?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *